Bulldog Francês é uma raça de cão de companhia de pequeno porte oriunda da França. O Bulldog Francês, que conhecemos, é o cachorro originado de diferentes cruzamentos feitos por criadores nos bairros populares de Paris no ano de 1880.


A História do Bulldog Francês

sua história está ligada a marginalização britânica que sofreu durante o século XIX, pois naquela época o Bulldog existia em apenas um tamanho na Grã-Bretanha, já que os exemplares nascidos menores eram rejeitados. Levados à França, estes pequenos encontraram maior liberdade para se desenvolverem. Foram criados primeiramente para caçarem ratos, mas após figurarem em pinturas de Degas Toulouse-Lautrec, tornaram-se populares inclusive na Inglaterra. De personalidade dita entusiástica e travessa, tornou-se um canino da moda, bem como o principal companheiro de cocheiros e açougueiros.

Características

País de origem: França
Função original: cão de colo
Função atual: cão de companhia
Pelagem: lisa, curta, macia e brilhante
Peso médio: 8kg a 14kg
Tamanho: aproximadamente 35cm
Expectativa de vida: 12 a 14 anos

 

Temperamento do Bulldog Francês

O temperamento do Bulldog Francês também confere um tom especial à raça, são cães normalmente alegres, companheiros, brincalhões e muito inteligentes. Como todas as raças de companhia, eles necessitam, acima de tudo, de contato constante com humanos. Suas necessidades de exercícios são mínimas e variam de cão para cão. Eles tem picos de energia durante o dia, mas em geral são cães tranquilos.

O nível de energia de um Buldogue Francês pode variar de hiperativo e energético até a relaxado e calmo. Mas geralmente é comum que o filhote seja mais ativo até os 12 ou 18 meses, quando ele se torna efetivamente um adulto e começa a acalmar. A Pandora, por exemplo, é muito calma e tranquila. Na realidade ela é exceção, pois a maioria não é tão calma quanto ela.



O Buldogue Francês é uma raça essencialmente com sangue bull e sangue terrier. Portanto, não é nenhuma surpresa que os problemas podem surgir quando dois cães dessa raça se juntam, principalmente quando são do mesmo sexo. Donos que estão considerando adicionar um segundo cão à sua família são geralmente advertidos e aconselhados a escolherem cães de sexo oposto. Eles precisam ser socializados desde cedo pra se acostumarem com outros cães.

Sendo uma raça braquicefálica, é essencial que seus futuros donos entendam que Bulldog Franceses não devem viver fora de casa. Seu sistema de respiração comprometido não os permitem regular suas temperaturas eficientemente. Além do mais, os Bulldogs Franceses são bem pesados e podem ter dificuldade em nadar. Sempre cuidado quando exercitar seu Buldogue Francês no calor.

 

Como eles são com a família?

Ele até escolhe um dono preferido, mas é festeiro com todos da casa. Alguns adoram colo (mas a maioria não), carinho e demonstrações de afeto em geral. Não perde uma oportunidade de se aproximar para ganhar um cafuné. Recebe as pessoas com alegria e, se não for desestimulado desde cedo, com muitas lambidas de amor. Também é de seguir os donos pela casa, oferecendo companhia em tempo integral. O Bulldog Francês é uma sombra.

 

Como eles se comportam com pessoas estranhas?

Salvo Bulldogs que crescem enclausurados e afastados do convívio social, o que não é nada indicado, os cães da raça são simpatia pura com todo mundo. Podem dar três ou quatro latidos para avisar que as visitas chegaram, mas nada que represente hostilidade. Pelo contrário. Já rececionam os visitantes abanando a cauda, que, aliás, de tão curta, ocasiona um típico rebolado geral na região posterior. Também pede carinho aos convidados e, volta e meia, os chama para brincar, levando seus brinquedos até eles.

Se ele crescer longe do convívio com a garotada, pode se assustar quando for apresentando à típica energia ruidosa dos baixinhos humanos. Sua tendência, contudo, é manifestar seu receio procurando um recanto escondido e não se mostrando agressivo. Já exemplares acostumados com crianças tendem a ser tolerantes com elas e receptivos às suas brincadeiras. Vale lembrar que o Buldogue Francês, por ser pequeno, pode sair machucado se a folia passar dos limites. Por isso, supervisione a relação caso os pimpolhos sejam muito pequenos ou estejam muito agitados.


Como se comportam com outros cães e animais?

Nem sempre o convívio entre exemplares machos – seja dois Bulldogs ou um Bulldog e um cão de outra raça funciona. Há vários relatos de conflito. Por outro lado, há também diversos casos de amizade harmoniosa. O sucesso ou fracasso dessa relação parece regido pelo espírito de liderança dos cães envolvidos: é importante que haja no máximo um líder na história. Já entre fêmeas, embora haja excepções, o convívio tende a ser pacífico. E com outros animais, desde que o Buldogue tenha crescido com eles, o dia-a-dia é promessa de paz e união. De forma geral, no entanto, os exemplares da raça tendem a aceitar os bichos com os quais convivem e não os desconhecidos. Por isso, se a idéia é introduzir um novo colega do reino animal no território de um Buldogue adulto, recomenda-se um período de adaptação devidamente supervisionado. A castração é uma boa solução, pois normalmente os machos disputam território e com a castração isso acaba. Se você socializar seu cão desde filhote em parques e cachorródromos, e castrá-lo ainda filhote, ele provavelmente vai se dar bem com todos os animais.

Como cuidar da saúde do seu Bulldog?

Com uma saúde frágil, o Bulldog Francês não deve ser exposto a fumos, produtos de limpeza agressivos ou ao calor intenso. O seu nariz achatado impede-o de controlar a sua temperatura interna, pelo que o sol e o exercício excessivo são extremamente perigosos para a sua saúde.

Os problemas oculares e cardíacos são muito comuns e, relativamente a estes últimos, podem ser exponenciados pelo excesso de peso.

Como acontece com qualquer cão que tenha rugas, é importante limpá-las regularmente para evitar alergias e infecções.

 

Afinal, diz-se Bulldog ou Buldogue?

Na verdade, ambos estão corretos. A palavra Bulldog é a forma de escrever em inglês (english bulldog, french bulldog) enquanto a palavra Buldogue é a maneira de escrever em português (buldogue inglês, buldogue francês).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *